Em coletiva Prefeito Deiró Marra explica decreto de Calamidade Pública

 Na manhã desta terça-feira (27) o prefeito Deiró Marra recebeu a imprensa na sala de reuniões do gabinete para uma entrevista coletiva na qual foram tratados diversos assuntos, entre eles o decreto nº 3.908/2021, publicado ontem que instituiu o Estado de Calamidade Pública em Patrocínio em decorrência da maior geada dos últimos 27 anos no município, com irreparáveis danos causados ao setor agrícola, em especial ao setor cafeeiro de Patrocínio e região.


“Patrocínio é um município que tem sua renda vocacionada ao agronegócio e essas geadas que ocorreram no último dia 20 foi uma catástrofe para a nossa cidade, nós temos inúmeros casos de produtores que perderam suas lavouras, perdas totais, perdas parciais e estamos ainda mensurando, mas ao elaborar este decreto nós colocamos a necessidade de intervenção e oficiamos a Secretaria de Estado de Agricultura para que a EMATER esteja em disponibilidade ao Município juntamente com o nossos técnicos da secretaria municipal" disse o prefeito, que explicou ainda que no primeiro momento está sendo realizado um levantamento com laudos técnicos para saber a real extensão dos danos.

Ainda segundo o prefeito será solicitado junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) recursos, tanto diretamente para os produtores, seja por linhas de crédito do FUNCAFÉ, seja a fundo perdido para os pequenos produtores que muitas vezes não terão condição de sobrevivência, uma vez que perderam sua fonte de renda, quanto às próprias cooperativas, que atendem aos produtores com linhas subsidiadas para que possam auxiliar nas negociações das entregas dos cafés que não serão produzidos.