Inaugurado oficialmente o SAMU 192 do Triangulo Norte; Atendimentos começam já na próxima semana


Representando o Governo Municipal, o secretário municipal de Saúde, Humberto Donizete Ferreira, o Bebé, esteve na última terça-feira (26) em Uberlândia, onde participou da inauguração da Central Operativa do SAMU 192 (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) da Região Ampliada de Saúde Triângulo Norte.



O serviço, que em Patrocínio, já está com estrutura completamente montada desde o ano passado, começa a operar já na próxima semana, com a inauguração prevista para segunda-feira (2) às 17h na base de operações do SAMU, que fica anexa ao 2º Pelotão do Corpo de Bombeiros no Bairro São Cristóvão.

Para Bebé o lançamento do serviço representa uma gigantesca vitória para a saúde municipal, e é resultado de uma luta que se estende desde o ano passado “o processo de instalação do serviço começou no ano passado, no inicio dessa administração, quando estava tudo parado e praticamente não existiria mais o Samu aqui para Patrocínio, mas como a saúde é prioridade deste Governo, o Prefeito nos autorizou a fazer todos os processos necessários, agora  está tudo pronto para o início das atividades, o governo estadual já colocou todo o aporte que precisava, nos entregou as ambulâncias e todo o medicamento, o pessoal já está treinado e pronto para trabalhar já na terça-feira a partir das 7h pelo número 192" celebrou o secretário.

Também presente na solenidade de inauguração, o Secretário de Estado de Saúde, Nalton Moreira da Cruz ressaltou queo serviço não irá trazer novos pacientes aos hospitais. “Até acredito que irá reduzir, pois o paciente que acaba indo para a assistência hospitalar de forma desorganizada, agora irá de forma qualificada. Ele será atendido por outros serviços de saúde e só irá para um hospital de alta complexidade quando necessário" disse.
Já o Subsecretário de Assuntos Municipais da Secretaria de Governo, Marco Antônio Viana Leite, pontuou que a atuação dos prefeitos e secretários de saúde da região foram decisivas na implementação do serviço "tiveram a capacidade de nos convencer, principalmente ao Governador Fernando Pimentel. Apesar de todas as dificuldades, é uma responsabilidade muito grande implantar o SAMU." afirmou.

Mais 612 mil pessoas das 26 cidades da região serão beneficiadas pelo serviço móvel de urgência e emergência, que atenderá pacientes que sofrerem acidentes com traumas e fratura, tiverem quadros de problemas cardiorrespiratórios, crises convulsivas, surtos psiquiátricos, trabalho de parto com riscos à mãe ou filho, queimaduras graves, intoxicação, envenenamento, sangramentos, hemorragias e ocorrência de maus tratos.
Os pacientes serão estabilizados pela equipe do SAMU192 e quando necessário, serão regulados e levados pelas ambulâncias para um dos 183 pontos de atendimento da Rede de Urgência e Emergência, que é constituída por um hospital de alta complexidade; 19 hospitais de média complexidade, uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA); 17 unidades de saúde (pronto socorro, centro de saúde e pronto atendimento); 12 unidades de saúde mental e 134 unidades básicas de saúde.