sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Operação Tapa-Buracos terá início com o fim do período chuvoso



  No início da tarde desta sexta-feira (20), o Secretário Municipal de Obras, Jorge Marra reuniu a imprensa para prestar esclarecimentos sobre a operação Tapa-Buraco, manutenção de estradas rurais, pontes e limpeza urbana, conclamando o apoio e compreensão da população em relação ao momento que a Secretaria de Obras e toda Prefeitura atravessa para colocar a casa em ordem.
Segundo explica o Secretário, a prefeitura já providenciou a prorrogação para o período de um ano do contrato com a empresa Falk Construtora para o fornecimento de massa asfáltica para manutenção de ruas e avenidas. Também conseguiu junto a empresa que está realizando a manutenção da BR 365 a doação de 15 caminhões de borra asfáltica. No entanto, a aplicação desses materiais não pode ser realizada em solo úmido, sendo necessário aguardar uma trégua do período chuvoso para iniciar os trabalhos, que a princípio atenderá os pontos mais críticos até alcançar toda cidade e distritos.
Em relação as estradas rurais, Jorge Marra informa que os trabalhos já foram iniciados com três equipes atuando nas comunidades de Pedros, Divisa, Mata do Silvano, Córrego da Mata, Boa Vista e Chácaras Havaí, mas explica que as chuvas tem atrapalhado a fluidez do serviço, que assim que concluído seguirá para as comunidades de Barra do Salitre, Lajinha, Buqueirão, Chapadão de Ferro e Borges.
Jorge informou também que a primeira ponte restaurada será no Rio Dourados, na estrada que dá acesso as bombas do Daepa, e em seguida nas comunidades de Martins e Barra do Salitre. Também será feito um trabalho para salvar uma ponte que liga a cidade com o bairro Enéas Aguiar.
Durante a entrevista, também esclareceu sobre as providências em relação aos terrrenos sujos que são logradouros do Aedes aegypti, transmissor da dengue, Zika vírus, febre amarela e chikungunya. “Conforme previsto por lei, faremos a notificação dos proprietários de terrenos e lotes, através da Assessoria de Urbanismo, que terão o prazo de 30 dias para realizar a limpeza. Se nesse período a mesma não for realizada, a Secretaria de Obras fará o serviço, no entanto o município tomará as medidas cabíveis, em relação ao proprietário que não cumprir com suas obrigações” esclareceu Jorge.

Sobre a limpeza urbana, o Secretário relatou que um dos primeiros atos de sua gestão foi o remanejamento e organização dos horários de trabalho dos funcionários que atuam na limpeza das ruas. O próximo passo será a formação de uma equipe para limpeza pesada. Também serão planejados mutirões de limpezas por bairros.

ASSCOM - Prefeitura Municipal de Patrocínio