Patrocínio está em um momento de Calamidade financeira ( 111 milhões em dívidas )


   Decreto calamidade financeira de até 180 dias foi assinado pelo Prefeito Deiró Marra e o vice-prefeito Gustavo Brasileiro


Prefeito Deiró Marra:

“Mais de 40 milhões não declarados no balanço contábil da Prefeitura, dívida com o INSS, contrariando todas as normas (Fraude contábil) ”

Segundo Prefeito Deiró Marra a dívida (INSS) começou em 2009/2010 é hoje restam ainda 157 parcelas.

Em apenas em 19 dias a nova administração mostrou claramente que tem trabalhado em analisar é mapear as dívidas do Município Patrocinense, no período de transição do governo de Lucas Siqueira foi apresentada uma dívida de R$ 60 milhões segundo o atual prefeito mais os números apresentados mostram outra realidade!

Solução:

Prefeito Deiró disse que os problemas vão ser tratados de forma distintas a primeira vai ser a questão financeira que terá que ser equalizada com uma engenharia financeira, a segunda questão é a penal da lei de responsabilidade fiscal que será encaminhada para poder jurídico!