sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Vale Fertilizantes realiza primeira expedição do Projeto Patrocínio




A Vale Fertilizantes realizou ontem, 22 dezembro, a primeira expedição férrea de minério de fosfato para o Complexo Mineroquímico de Araxá (MG), onde o insumo será tratado. A ação marcou o início das atividades do projeto na cidade de Patrocínio (MG).
Em parceria com a VLI (Valor Logística Integrada), empresa responsável pela concessão da ferrovia na região, o primeiro transporte de minério inicia a fase de comissionamento do Complexo de Mineração de Patrocínio, dando continuidade aos compromissos socioambientais estabelecidos, bem como às obras realizadas, que serão finalizadas nos próximos meses.
Segundo Camilo Silva, gerente executivo de Projetos da Vale Fertilizantes, o início da expedição do Projeto Patrocínio é um fato de grande importância para o Brasil, Minas Gerais e região. “A integração entre a jazida mineral de Patrocínio e a usina existente em Araxá viabilizou o investimento de R$1 bilhão, sendo R$500 milhões da Vale Fertilizantes e R$500 milhões da VLI, que otimiza estes dois ativos e mantém o atendimento ao mercado com um produto de alta qualidade e com custo competitivo”, afirma.
Ferrovia
A VLI remodelou o trecho, ampliou seis pátios ferroviários, construiu um novo, além de duas novas alças – uma em Araxá e outra em Ibiá. Para dar suporte à operação, um posto de abastecimento de locomotivas será construído em Patrocínio e a infraestrutura Fast Track será implantada no pátio de Araxá, para a manutenção de material rodante.
Conforme explicado nas etapas anteriores do empreendimento, a segurança é um quesito essencial para a Vale Fertilizantes e para a VLI. Desta forma, todas as comunidades localizadas perto da linha férrea, de Patrocínio a Araxá, estão recebendo informações sobre o início da operação e orientações sobre como agir para evitar acidentes.