Deiró repassa mais 400 mil reais á Santa Casa de sua emenda pessoal

Foi confirmado o depósito no valor de 400 mil reais para a Santa Casa da Misericórdia de Patrocínio, advindos da emenda pessoal do Deputado Estadual Deiró Marra.
Além do trabalho de angariação de convênios diretos com o Estado através das secretarias, Deiró destacou de sua emenda pessoal a quantia de 400 mil reais para a saúde de Patrocínio, para serem aplicadas diretamente no custeio das atividades, e prestação de serviços da Santa Casa.
Varias reuniões foram realizadas para que o recurso pudesse ser liberado. Depois do contingenciamento de verbas anunciado pelo Governador Fernando Pimentel, o pagamento das emendas deveria passar por um processo burocrático maior que o de costume e em razão disso Deiró reuniu-se com o Secretário de Saúde Sávio Souza Cruz por várias vezes para que qualquer obstáculo quanto à liberação do recurso fosse imediatamente superado.
Depositada no dia 30/06, a robusta quantia, que pode ser verificada através da publicação oficial nº 5309/2016, vai amenizar o grave momento financeiro que a saúde municipal tem passado, sobretudo a Santa Casa, que poderá custear suas despesas e procedimentos médicos oferecidos a nossa população.
Somadas as outras conquistas que a saúde do município recebeu através da atuação do parlamentar patrocinense, resta verificado o maior trabalho político em prol da saúde já realizado na história de Patrocínio, que marca uma condução pública de resultado alinhada a um modelo arrojado de gestão política.   
Prefeitura deve participar
Por se tratar de ano eleitoral, os destacamentos de emenda pessoal não podem vir diretamente do Estado para Santa Casa, sendo possível somente a realização via Prefeitura Municipal, que ficou encarregada de tão somente abrir a conta para receber dinheiro e depositar na conta da Santa Casa de Patrocínio.
Saúde ainda receberá investimentos
Além de convênio com a SES na ordem de 400 mil reais e mais esse destacamento de emenda pessoal também de 400 mil reais está marcada para o final de agosto ou no mais tardar início de setembro, a liberação do cadastramento dos leitos de UTI via SUS com custeio anual de aproximadamente 1,2 milhão de reais deve inaugurar um novo momento na saúde pública de Patrocínio, praticamente dobrando sua capacidade de tratamento em regime de terapia intensiva.


ASSCOM – Paulo Ricardo Borges / Natanael Diniz.