Atletas do Casi, Cras e Arca são medalhistas no Campeonato Brasileiro Interclubes de Jiu Jitsu

A equipe patrocinense de Jiu-Jitsu Ares Team participou nos dias 19 e 20 de setembro, do XXVI Campeonato Brasileiro Interclubes de Jiu-Jitsu, organizado pela Liga Brasileira de Jiu-Jitsu (LBJJ), em Belo Horizonte. O evento teve a participação de mais de 600 atletas de todos os Estados brasileiros.

Patrocínio esteve presente com 13 atletas da academia Ares Team. Os atletas brilharam mais uma vez na competição e trouxeram para casa várias medalhas e troféus.

“Hoje Patrocínio é reconhecida nacionalmente no meio do Jiu Jitsu. Uma cidade que não tinha tradição, agora é destaque na modalidade”, disse o mestre Hilton Márcio da Silva, da Ares Team.

Ao todo foram 09 medalhas de ouro, 01 de prata e 03 de bronze, levando a Ares Team ao 7º lugar na colocação geral por equipes.

Os resultados individuais foram: Cauam de Souza (Ouro), Iago Campos (Ouro), Nayara Silva (Ouro), Ronaldo Moraes (Ouro), Gabriel Ávila (Ouro), Gabriel Mendes (Ouro Categoria / Bronze absoluto), Matheus Lucas (Ouro categoria / Bronze absoluto), Luiza Nobuyasu (Ouro), Emanuela Pessuiti (Ouro), Laura Cristina (Prata), Breno Oliveira (Bronze), Augusto Lúcio (Participação) e Gustavo Santos (Participação).

Oportunidades



Dos atletas medalhistas, 4 foram descobertos através dos projetos sociais do Governo Municipal – Cras, Casi e Arca.

Iago conheceu o Jiu Jitsu no Casi e logo se destacou. Durante o tempo em que freqüentou o Casi participou das aulas até que ganhou a bolsa de esporte na academia.

“Minha vida mudou muito. Ganhei novos amigos, me dediquei mais aos estudos e aprendi a ser mais humilde, saber ganhar e perder”, disse o jovem. Iago, de 16 anos, já acumula 8 medalhas desde que começou a praticar o esporte há 1 ano e meio.

A garota Nayara Silva Martins, 15, começou o Jiu Jitsu no Cras Geraldo Tuniquinho, no Bairro Serra Negra. Bolsista na academia, Nayara revela que depois que começou a lutar até sua dedicação aos estudos mudou. “Eu era uma aluna custosa, mas hoje levo a disciplina que aprendi no tatame para a sala de aula”.

Tanto Iago quanto Nayara participaram pela primeira vez do Campeonato Brasileiro Interclubes e fizeram bonito, deixando professor, familiares e os coordenadores do Cras e Casi ainda mais orgulhosos.

Outro conhecido atleta medalhista é o jovem Cauam de Souza, que também iniciou o esporte no Cras Geraldo Tuniquinho, e hoje é bicampeão brasileiro de Jiu Jitsu.

O menino Breno Oliveira, assistido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social através da Arca, também vem se destacando a cada competição. No XXVI Campeonato Brasileiro Interclubes, trouxe mais uma medalha para sua coleção. Uma vitória não só para ele, mas para toda Patrocínio.

O mestre Hilton Márcio da Silva, professor de Jiu Jitsu nos Cras, Casi e Arca, se orgulha de seus jovens atletas. “São adolescentes que se destacam, disciplinados e que levam a sério o treino. Vejo a mudança em cada um deles e isso me deixa ainda mais orgulhoso”, disse.

Referência

Segundo explica Hilton, várias cidades da região (Guimarânia, Serra do Salitre, Cruzeiro da Fortaleza) conheceram o projeto do Jiu Jitsu desenvolvido dentro dos Cras e Casi pelo Governo Municipal de Patrocínio e já estão implantando em suas cidades.

“Os jovens que participam das aulas do Jiu Jitsu não só aprendem a prática esportiva, mas ganham novas atitudes, novos círculos de amizades, respeito pelo próximo, disciplina e tornam-se cidadãos de bem, com responsabilidades e compromissos”, revelou o professor.