Atletas do Casi, Cras e Arca são medalhistas no Campeonato Brasileiro Interclubes de Jiu Jitsu

A equipe patrocinense de Jiu-Jitsu Ares Team participou nos dias 19 e 20 de setembro, do XXVI Campeonato Brasileiro Interclubes de Jiu-Jitsu, organizado pela Liga Brasileira de Jiu-Jitsu (LBJJ), em Belo Horizonte. O evento teve a participação de mais de 600 atletas de todos os Estados brasileiros.

Patrocínio esteve presente com 13 atletas da academia Ares Team. Os atletas brilharam mais uma vez na competição e trouxeram para casa várias medalhas e troféus.

“Hoje Patrocínio é reconhecida nacionalmente no meio do Jiu Jitsu. Uma cidade que não tinha tradição, agora é destaque na modalidade”, disse o mestre Hilton Márcio da Silva, da Ares Team.

Ao todo foram 09 medalhas de ouro, 01 de prata e 03 de bronze, levando a Ares Team ao 7º lugar na colocação geral por equipes.

Os resultados individuais foram: Cauam de Souza (Ouro), Iago Campos (Ouro), Nayara Silva (Ouro), Ronaldo Moraes (Ouro), Gabriel Ávila (Ouro), Gabriel Mendes (Ouro Categoria / Bronze absoluto), Matheus Lucas (Ouro categoria / Bronze absoluto), Luiza Nobuyasu (Ouro), Emanuela Pessuiti (Ouro), Laura Cristina (Prata), Breno Oliveira (Bronze), Augusto Lúcio (Participação) e Gustavo Santos (Participação).

Oportunidades



Dos atletas medalhistas, 4 foram descobertos através dos projetos sociais do Governo Municipal – Cras, Casi e Arca.

Iago conheceu o Jiu Jitsu no Casi e logo se destacou. Durante o tempo em que freqüentou o Casi participou das aulas até que ganhou a bolsa de esporte na academia.

“Minha vida mudou muito. Ganhei novos amigos, me dediquei mais aos estudos e aprendi a ser mais humilde, saber ganhar e perder”, disse o jovem. Iago, de 16 anos, já acumula 8 medalhas desde que começou a praticar o esporte há 1 ano e meio.

A garota Nayara Silva Martins, 15, começou o Jiu Jitsu no Cras Geraldo Tuniquinho, no Bairro Serra Negra. Bolsista na academia, Nayara revela que depois que começou a lutar até sua dedicação aos estudos mudou. “Eu era uma aluna custosa, mas hoje levo a disciplina que aprendi no tatame para a sala de aula”.

Tanto Iago quanto Nayara participaram pela primeira vez do Campeonato Brasileiro Interclubes e fizeram bonito, deixando professor, familiares e os coordenadores do Cras e Casi ainda mais orgulhosos.

Outro conhecido atleta medalhista é o jovem Cauam de Souza, que também iniciou o esporte no Cras Geraldo Tuniquinho, e hoje é bicampeão brasileiro de Jiu Jitsu.

O menino Breno Oliveira, assistido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social através da Arca, também vem se destacando a cada competição. No XXVI Campeonato Brasileiro Interclubes, trouxe mais uma medalha para sua coleção. Uma vitória não só para ele, mas para toda Patrocínio.

O mestre Hilton Márcio da Silva, professor de Jiu Jitsu nos Cras, Casi e Arca, se orgulha de seus jovens atletas. “São adolescentes que se destacam, disciplinados e que levam a sério o treino. Vejo a mudança em cada um deles e isso me deixa ainda mais orgulhoso”, disse.

Referência

Segundo explica Hilton, várias cidades da região (Guimarânia, Serra do Salitre, Cruzeiro da Fortaleza) conheceram o projeto do Jiu Jitsu desenvolvido dentro dos Cras e Casi pelo Governo Municipal de Patrocínio e já estão implantando em suas cidades.

“Os jovens que participam das aulas do Jiu Jitsu não só aprendem a prática esportiva, mas ganham novas atitudes, novos círculos de amizades, respeito pelo próximo, disciplina e tornam-se cidadãos de bem, com responsabilidades e compromissos”, revelou o professor.


Postagens mais visitadas deste blog

Neste domingo em Patrocínio aconteceu um mega encontro de praticantes de paintball

Atrações da Expopatrô 2012 está praticamente definido

Comando do Cerrado apresenta esporte novo na cidade