PM registra dois assaltos em Patrocínio


ROUBO A MAO ARMADA CONSUMADO/ASSALTO A TRANSEUNTE: Em Patrocínio, na data de 13 de julho de 2015, por volta das 08h54min, a vítima J. B. S., procurou o quartel da Polícia Militar relatando que: andava pela Avenida Dr. Walter Pereira Nunes, por volta das 05h40min de hoje, quando no cruzamento com a Rua Major Tobias Machado foi abordada por dois indivíduos utilizando capacetes, em uma motocicleta de cor preta, modelo semelhante a uma Honda Titan.  O passageiro apontou um revólver, provavelmente cal. 38, prateado para a ela anunciando o assalto. Foi subtraída da vítima uma carteira de couro cor assemelhada à roxa, contendo o CPF, RG, título eleitoral, cartão cidadão e mais R$ 20,00 em dinheiro. A vítima não soube fornecer mais características, devido ter ficado bastante assustado e não conseguiu visualizar bem os autores. Os meliantes falaram para a vítima que se acionasse a polícia teria problemas, pois eles a conheciam, motivo pelo qual só acionou horas após o fato. Segue rastreamentos com o intuito de localizar/prender autores, bem como recuperar o bem subtraído.


ROUBO A MAO ARMADA CONSUMADO/ASSALTO A PRÉDIO COMERCIAL: Em Patrocínio, na data de 13 de julho de 2015, por volta das 06h20min, a Polícia Militar foi acionada e compareceu à Avenida Brasil, 661 – Serra Negra, onde vítima G. R. S., 43 anos, proprietário da Padaria Serra Negra, relatou que na data de hoje, 13/07/2015, foi surpreendido por dois indivíduos que chegaram a pé ao estabelecimento supracitado e anunciaram o assalto. O primeiro autor aparentava ter 1,70 m de altura, moreno, aproximadamente 25 anos, e de roupa escura; o segundo também moreno, estatura mediana e de roupa escura, e revolveres de cor prateada, ambos usando touca ninja, demonstrando bastante violência e dizendo que só queria o dinheiro e que se não fizessem o que mandavam, iriam atirar. Na ocasião os autores levaram aproximadamente R$300,00 em dinheiro de notas diversas. Ressalta-se que o estabelecimento possui circuito interno de vigilância, porém não foi possível a visualização das filmagens, devido a um problema no sistema. Posteriormente uma testemunha fez uma denúncia anonima via 190, temendo represálias e afirmou que um dos autores do roubo, seria J. F.  S., 37 anos, residente à Rua Geraldo Cirino Ramos. Os militares deslocaram ao endereço, sendo que autor negou ter envolvimento com o roubo e bastante solicito, franqueou acesso a sua residência para que os militares realizassem algumas buscas. Durante as buscas, foi encontrada uma munição intacta CBC calibre .28 de uso permitido, sendo dada voz de prisão ao autor e juntamente com o material apreendido conduzido à Delegacia de Polícia Civil.