Além da multa, Luis Fabiano passará por sessões individuais de terapia


Atacante treinou normalmente nesta quarta-feira e, através da sua assessoria de imprensa, afirmou que não irá se manifestar sobre a punição recebida
A expulsão de Luis Fabiano contra o Huachipato, terça-feira, pela Copa Sul-Americana, irritou a diretoria do São Paulo. Além de ser multado em 30% do salário e receber uma carta de advertência, o atacante terá de passar a frequentar sessões individuais com a psicóloga Analy Couto, que cuida de todo o grupo do Tricolor.
A informação foi confirmada pelo presidente Carlos Miguel Aidar. Luis Fabiano recebeu o cartão vermelho diante dos chilenos por acertar um tapa no volante Arrue. Na saída do gramado, ele se defendeu, dizendo que não havia entendido o motivo de sua exclusão.
– Alguém viu na televisão o que aconteceu? Foi agressão, alguma coisa? – questionou Luis Fabiano, que soma agora 14 cartões vermelhos pelo São Paulo.

G1