Prefeito de Uberaba decreta estado de emergência por falta d'água

Estiagem, fornecimento falho em alguns bairros e irregularidades na captação de água são problemas enfrentados pela população de Uberaba nos últimos dias.

O agravante de um possível racionamento foi evidenciado pelo prefeito Paulo Piau, que decretou estado de emergência de desabastecimento nesta terça-feira (16), através de nota antecipada à imprensa.

O decreto, que será publicado no jornal Porta Voz, se deve à redução de 40% do sistema de captação dos rios Uberaba e Claro. A medida válida em todo município tem o prazo de 30 dias, mas pode ser prorrogada caso o problema persista. O decreto é baseado na lei municipal nº 10.270, de 19 de novembro de 2007, que autoriza o poder público a fiscalizar e multar casos de desperdício de água e restringir a utilização exagerada.

Na nota, o prefeito destaca ainda que o objetivo maior não é punir o cidadão, mas alertar para a importância da economia, afim de não prejudicar principalmente os bairros mais altos da cidade.


No fim de semana, a autarquia passou a adotar o Plano de Recuperação dos Centros de Reservação permitindo a retomada da distribuição e o reequilíbrio do armazenamento de água na cidade.

fonte : Do G1 Triângulo Mineiro