Traficantes e suspeitos de assaltos a coletivos são detidos

Após denúncia via 190 dando conta de que dois indivíduos estariam manuseando uma arma de fogo de cano longo nos fundos do campo do bairro Serra Negra, guarnições deslocaram ao local.

Durante os rastreamentos, foram visualizados saindo de uma residência na rua 55, próximo ao campo, dois suspeitos com as mesmas características denunciadas, sendo que ao avistarem as viaturas, demonstraram bastante nervosismo, sendo abordados.

Após busca pessoal foi encontrado com J.P.G.S, 18 anos, a quantia de R$90,00 reais trocados em moeda corrente.

 Dando continuidade a diligência os militares deslocaram até a residência de onde os autores haviam saído, sendo feito contato com o morador e proprietário da casa.

Perguntado o que J.P.G.S e L.F.S, 17 anos faziam na casa, a testemunha disse que os dois estiveram no local pedindo para usá-lo para dolagem e preparo de drogas.

Durante parlamentação com os autores, este negaram o teor da denuncia dizendo que não estavam com a arma e sim com pedras de crack, onde após buscas foram localizadas dentro de um cano 09 pedras de crack embaladas em plástico transparente prontas para a venda.

 Os autores assumiram a propriedade da droga.

Diante disso o autor/menor infrator foram preso/apreendido e conduzidos e entregues à delegacia de plantão juntamente com o material arrecado, sendo acompanhados pelo conselheiro de plantão. Ressalta-se que nos dias 16 e 18 de março de 2014, ocorreram dois roubos a ônibus coletivo, conforme REDS 5864510 e 6051439/BO(s) 3145 e 3222, onde as características e vestes utilizadas na ocasião são idênticas com as dos conduzidos L.F.S no primeiro e J.P.G.S  no segundo evento criminoso.

 O autor J.P.G.S já foi preso pelo crime de Roubo à mão armada e o menor infrator L.F.S já foi apreendido por Porte Ilegal de Arma de Fogo em 2012, conforme BO 18829.