O futuro do futebol em Patrocínio e no brasil

 A base do futebol brasileiro vive a sua pior crise dos últimos tempos ao ponto de esvaziar a principal competição do futebol brasileiro, a copa São Paulo de futebol júnior, que em 2014 pode ser disputada sem pelo menos 10 de suas principais equipes.

Corinthians, fluminense, Vasco, Botafogo, Cruzeiro, Atlético, América, Vitória, Sport e Coritiba ameaçam não disputar por um único motivo, a participação do São Paulo, o Grande vilão das categorias de base do futebol brasileiro que não respeita o código de ética do mercado futebolístico e com sua estrutura sedutora acaba levando vantagem sobre os outros clubes e com frequência “alicia ” jogadores menores de 16 anos que estão sendo formados em outros clubes e ainda não podem assinar contratos profissionais por força da lei!
Patrocínio é uma cidade privilegiada em termos de estrutura para a prática do futebol e do futsal, temos campos e quadras em boas condições, alguns bons profissionais e muitos garotos sonhando com um futuro brilhante no meio esportivo.

Recentemente teve inicio o torneio Pedro Alves do nascimento, onde as escolinhas de nossa cidade tem a oportunidade de exibir seu trabalho nessa que é a maior vitrine do futebol regional.

E como Patrocínio não é diferente, já vimos alguns garotos trocando de escolinha para a disputa dessa competição, o que a meu ver não é salutar e em muitos casos antiético.

É preciso criar uma consciência de compromisso e responsabilidade nos garotos e treinadores.

A luta por vitórias deve ser valorizada em detrimento do simples “ganhar”!

Flavio Reis