Golpe da rapidinha no mato , safrista é roubado




Na foto Aline, a mais alta e sua gang. A direita, Negão, o receptador que foi agredido por amigos da vítima. Abaixo, a direita a eficiente equipe do Tático Móvel da 87 Cia PM comandada pelo Sargento Jean Willian.

Compareceu na sede da 87ª cia  de Polícia Militar a vitima A.C.O., relatando que por volta das 04:00 da madrugada dessa quarta-feira foi fazer um programa amoroso com uma mulher conhecida por "Aline". Em dado momento foi surpreendido por mais 04 comparsas de "Aline" que o empurraram e o amarraram em um colchão passarão a lhe agredir brutalmente com chutes e socos. Em seguida tomaram da vítima um aparelho celular Samsumg preto, R$40,00 em dinheiro, uma folha de cheque no valor de R$2,889,14 (fruto do seu salário mensal como safrista), um par de tênis e um cartão cidadão com senha. Após as agressões e o roubo os comparsas de Aline fugiram .

De posse dessas informações foram realizados levantamentos e intensos rastreamentos pelas viaturas do turno na região do Terminal Rodoviário sendo verificados como suspeitos Lucas Alexandre conhecido por "Lukinha",  Douglas Júnior Dias, o "Tatu", Dayane e Kerley.

O suspeito "lukinha" foi abordado e localizado na rua Infante Vieira, sendo encontrado com este a folha de cheque da vítima e r$31,00. Em meio a uma construção na rua Pedro Barbosa Victor, as autoras Kerly e Dayane foram localizadas escondidas. Num hotel e dormitório próximo a Rodoviária, no quarto numero 4 foi localizada a autora "Aline" de posse do celular da vítima (Samsung preto) e r$2,00. Foi abordado também próximo ao Terminal Rodoviário o autor Douglas Júnior Dias, o "Tatu". O autor Valdemir Alves, o  "Negão", estava de posse do tênis da vítima sendo que este relatou que havia comprado o tênis de "Lukinha" pela quantia de r$7,00 e quando ficou sabendo que o tênis era produto de roubo foi devolver para os amigos da vítima, sendo estes um grupo de aproximadamente 06 "baianos", e então estes passaram a lhe agredir com socos, chutes e pontapés causando uma lesão no supercilio esquerdo e dores na região de sua genitália.

Os envolvidos Lucas, Douglas, Kerly, Dayane e Elza foram reconhecidos pela vitima como sendo os autores do delito tendo estes recebido voz de prisão em flagrante delito pelo crime de roubo, sendo encaminhados a delegacia de policia juntamente com os pertences da vitima recuperados.
O autor Valdemir "Negão", não foi reconhecido como um dos autores do roubo, porém foi encaminhado a Depol pelo crime de receptação.

A vitima e o autor Valdemir "Negão", foram atendidos no pronto socorro municipal.

POL