Falta de efetivo impede 2º Pelotão de Corpo de Bombeiros realizar ponto base em Romaria


Com apenas 36 militares para atenderem a dez cidades da região, o 2º Pelotão de Corpo de Bombeiros não irá realizar neste ano o trabalho de ponto base na cidade de Romaria como é feito em todos os anos. O baixo número de Bombeiros Militares impediu que os trabalhos na cidade que já recebe milhares de pessoas devido a festa de Nossa Senhora da Abadia fez com que esse serviço fosse feito pelo 5º Batalhão de Uberlândia.

O ponto base em Romaria começa nesta sexta-feira, 09 e vai até o final da festa. Uma unidade de resgate do 2º Pelotão irá realizar os atendimentos naquela cidade. Em Patrocínio, as alas de plantões têm entrado em escala de 07 ou 08 militares no máximo e caso o Pelotão local ficasse responsável pelo trabalho em Romaria, iria sacrificar ainda mais o efetivo operacional da unidade.

Dia News