Suspeito de envolvimento na morte de irmã de Belfort é preso

A Polícia do Rio de Janeiro prendeu nesta segunda-feira o foragido da Justiça, Leonardo Luiz Batista, conhecido como "Léo Bicudo", um dos suspeitos de envolvimento no sequestro e na morte de Priscila Belfort, irmã do lutador Vitor Belfort, ocorrido em 2004.

Em comunicado enviado ao UOL Esporte, a assessoria de imprensa da Polícia afirmou que Léo foi capturado por agentes da Superintendência de Inteligência do Sistema Penitenciário no bairro de Vila Isabel, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

"De acordo com o delegado titular da 20ª DP (Vila Isabel), Gilberto Dias, agentes da Superintendência de Inteligência do Sistema Penitenciário (Sispen) prenderam, na tarde desta segunda-feira (22/07), o foragido da Justiça, Leonardo Luiz Batista. Ele foi capturado no bairro de Vila Isabel e contra ele foi cumprido um mandado de prisão", diz a nota.

Léo Bicudo estava foragido desde fevereiro deste ano, quando conseguiu fugir do Instituto Penal Vicente Piragibe junto com outros 31 detentos através de um túnel. Os agentes penitenciários receberam alertas através do telefone do Disque-Denúncia e chegaram até o foragido, que estava na casa de uma amiga.

Priscila Belfort foi sequestrada em janeiro de 2004, no Rio de Janeiro, quando saia o trabalho. A polícia trabalha com a informação de que ela foi morta no Morro da Providência. O processo não foi arquivado e corre em segredo de Justiça até hoje.

esporte.uol