Mais de 70 trabalhadores, sendo dois na UTI, atendidos no PS e Hospitais da cidade, intoxicados com agrotóxico

Todos os enfermeiros, técnicos e funcionários do Pronto Socorro, tiveram que usar máscaras e luvas para evitar a contaminação.
Mais de 70 trabalhadores rurais procuraram o Pronto Socorro na manhã de hoje, hospital MedCenter e Santa Casa com sintomas de intoxicação por agrotóxico numa fazenda no KM 12 da MGT 462, município de Patrocínio-MG. Desses,  dois estão internados na UTI da Santa Casa.

Eles foram contaminados por um produto de nome comercial Bunema que é um defensivo  fumigante de solo usado em pré-plantio, com ação formicida, fungicida, nematicida e herbicida. Ele exala um gás que mata formiga mas pode intoxicar humanos e foi o que aconteceu. Os trabalhadores que estavam colhendo cebolas foram contaminados por esse gás altamente tóxico que provoca dispneia, ardência e vermelhidão nos olhos e mucosas entre outros sintomas.

O Secretário de Saúde, Carlos Rossi, imediatamente procurou informações na Regional de Saúde e outros Hospitais, para uma ação preventiva e de tratamento dos intoxicados. Como as roupas das vítimas podem conter o gás venenoso e contaminar outras pessoas, Dr.Rossi solicita às pessoas que evitem o Pronto Socorro Municipal, e que em casos de urgência e emergência estes pacientes serão atendidos de outra forma.

Todos os enfermeiros, técnicos e funcionários do Pronto Socorro, tiveram que usar máscaras e luvas para evitar a contaminação.

FONTE: POL