Roubo seguido de morte

Em Patrocínio/MG, dia 23 por volta das 12h05min, acionada a Polícia Militar compareceu na Fazenda Cocais, Zona Rural de Patrocínio, onde uma testemunha relatou que trabalha como operador de máquinas na referida fazenda e que chegou ao local de trabalho por volta de 08h00min, realizou a manutenção em seu maquinário e estranhou o fato de seu patrão OTÁVIO VIEIRA DOS SANTOS de 67 anos não ter aparecido. A testemunha então deslocou até a casa da vítima e ao se aproximar, notou que a porta da cozinha estava aberta e ao adentrar, observou que OTÁVIO se encontrava deitado sobre sua cama, em posição decúbito dorsal, com o corpo ensanguentado. A casa estava parcialmente revirada, estando uma cadeira de madeira quebrada próximo ao sofá, o vidro da porta da sala quebrado e bastante sangue espalhado pelo chão do quarto. Imediatamente a testemunha saiu do local a procura de socorro ligando para os familiares da vítima e acionando também a polícia militar. Os militares chegaram ao local, isolaram-no e acionaram a perícia. Compareceu ao local a Delegada de Homicídios e o perito, sendo que após realizar os trabalhos periciais, constatou que no corpo da vítima havia 03 perfurações nas pernas causadas por projéteis de arma de fogo, e que, provavelmente, a vítima havia entrado em luta corporal com os autores. O perito recolheu 03 projéteis e afirmou que foram utilizadas armas de calibres diferentes, provavelmente .38 e .32 no crime. Durante a confecção do REDS foi realizado contato telefônico com a esposa da vítima e esta relatou que foi subtraída da carteira da vítima a quantia de R$ 300,00 reais, não sabendo precisar se algo mais foi levado, uma vez que a residência estava desorganizada e muito suja de sangue. Levantamentos estão sendo realizados no intuito de identificar e prender os autores, sendo que até o momento não há suspeição. A PM ressalta a importância do Disque Denúncia na elucidação de crimes, o 181 e 190. Se você sabe alguma coisa sobre este terrível crime, ouviu ou viu algo suspeito, denuncie. Quem deve portar arma de fogo são os policiais. Pessoas que portam armas de fogo estão na maioria das vezes querendo praticar delitos. Denuncie via 181 (Disque denúncia unificado) ou 190 pois a vítima pode ser você, ou lguém que você conheça.