Secretaria de Desenvolvimento Social presta contas do trabalho realizado em prol da população em situação de rua




No dia 19 de agosto é celebrado o Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua, oportunidade em o que o Secretário Municipal de Desenvolvimento Social, Pastor Alaércio Rodrigues Luzia, presta contas do trabalho que vem sendo realizado para garantia dos seus direitos e para conscientizar a sociedade de sua condição de vulnerabilidade social.


Conforme explica Pastor Alaércio, entre janeiro e julho de 2021, já foram realizadas mais de 1400 abordagens, sendo acolhidos pelo Abrigo Municipal mais de 1300 pessoas. “No abrigo ofertamos pernoite, banho, café da manhã, almoço e jantar, além de disponibilizarmos roupas, produtos de higiene pessoal, como escova e pasta de dentes, sabonete, toalha e cobertores” afirmou o secretário.


Além disso, Pastor Alaércio explica que há uma equipe de abordagem com assistente social que funciona 24 horas por dia, e que conta com uma parceria da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros no acolhimento desses moradores de rua, migrantes e pessoas em situação de vulnerabilidade social.


Enquanto estão no Abrigo Municipal, os moradores recebem orientações e apoio para voltar aos seus lares, serem reinseridos no mercado de trabalho, encaminhados para tratamento de saúde ou dependência química, se for o caso, entre outros serviços da rede pública aos quais essa população tem direito, como inclusão no CadÚnico e requerimento do BPC.


História de Luta


O dia 19 de agosto transformou-se no Dia Nacional de Luta da População de Rua. Nessa data, no ano de 2004, na Praça da Sé, em São Paulo, seis moradores de rua foram mortos e sete gravemente feridos. Por isso, foi escolhido para ser um dia de reflexão, um dia de luta, um dia de celebrar as conquistas já alcançadas e lutar por tudo o que ainda falta a população em situação de rua.

ASCOM/PMP