Amaral desmente informação de vice-prefeito sobre devolução de recursos do PS

 ( Eustáquio Amaral Ex -Superintendente de Planejamento e Finanças na Secretaria de Estado da Saúde. )



Em sua ‘Primeira Coluna’ no Gazeta o economista Eustáquio Amaral desmentiu com veemência a informação dada pelo vice prefeito Gustavo Brasileiro à Difusora.

Em sua entrevista pós derrota nas Eleições, o jovem Brasileiro disse que os 10 milhões de reais repassados pelo Governo ao município para construção do Pronto Socorro teriam que ser devolvidos ao Estado.

Segundo Amaral, “sob o ponto de vista técnico e gerencial não se devolve recurso liberado. Ele tem que ser aplicado conforme a legislação e o plano de trabalho do já velho convênio” — escreveu.

“Os recursos encontram-se com o restante dos 14 milhões originais, cerca de 6 milhões já empenhados (garantidos) desde o governo Anastasia (2013/2014) na Secretaria de Estado da Saúde”. — reiterou, na ‘Primeira Coluna’ do jornal Gazeta.

Em verdade, é verdade, Eustáquio Amaral fala com propriedade. Conhece como poucos deste nevrálgico assunto.

Foi Superintendente de Planejamento e Finanças na Secretaria de Estado da Saúde nos 12 anos que o PSDB comandou o governo mineiro e o que mais envidou esforços para que essa verba fosse liberada.

Fonte: http://maisumonline.com.br/eustaquio-amaral-desmente-informacao-de-vice-prefeito-sobre-devolucao-de-recursos-do-ps/