Prefeitura de Patrocínio mais endividada com a aprovação de empréstimo


Na última reunião da Câmara Municipal de Patrocínio realizada na noite de segunda (25) foi apresentado em discussão e votação única, em regime de urgência, e aprovado o Processo de Lei nº 120/2013 (PL 50/2013), que autoriza o município de Patrocínio a contratar financiamento de quase R$ 9 milhões com a Caixa Econômica Federal e oferecer garantias, de autoria do Prefeito Municipal.

A atual situação econômica da Prefeitura Municipal de Patrocínio é alarmante, hava vista que a cidade passa por grandes problemas e já possui uma enorme divida em torno de 60 milhões a bancada da oposição votou contra esse empréstimo. O presente processo de lei teve 7 votos favoráveis e 6 contrários.

O processo de lei além de IMORAL apresenta vários vícios, ou seja, no projeto fala de tratamento de esgoto na mensagem de asfalto, não consta como será pago, somente na mensagem que é em 20 anos, no projeto também deixa o executivo à vontade para mudar o que for necessário, um verdadeiro “cheque em branco”. Por isso que os vereadores, Bebé, Greyce, Joel, Marcilene, Neusa Mendes e Thiago Malagoli votaram contra por entender que Patrocínio precisa é de gestão e não de empréstimo, pois dinheiro não falta e o orçamento atual e de quase 200 milhões o que falta é prioridade e transparência.

Fazer divida para os próximos administradores só vai piorar a situação, pois no futuro vai ter mais divida vencendo do arrecadação.  


Nesse sentido, os vereadores da oposição alertam sobre essa situação e lamenta a aprovação de tal matéria.